Eletrônica e Informática

Hoymiles anuncia o primeiro supermicroinversor de 5.000 W

A Hoymiles, empresa de eletrônica de potência, especializada em microinversores e com expertise em energia fotovoltaica e armazenamento de energia, lançou um supermicroinversor 8 em 1 desenvolvido para projetos industriais, comerciais e residenciais de grande porte. O microinversor Hoymiles MiT 8 em 1 de 5.000 W (série MIT-5000-8T) é mais potente no mercado hoje e tem potencial para qualquer pessoa que queira criar um sistema de energia solar em grande escala.

 

A Hoymiles garante que o novo supermicroinversor não precisará ser substituído por 25 anos. Trata-se de um grande avanço, já que a maioria dos inversores tradicionais atuais precisa ser substituída pelo menos a cada 10 anos.

 

Isso quer dizer que os clientes economizarão de várias formas: no próprio custo de substituição de um microinversor, bem como em todas as despesas relacionadas, desde os custos de mão de obra até de energia durante as paralisações.

 

O novo supermicroinversor Hoymiles MiT conta com segurança integrada. Cada entrada dele aceita dois módulos fotovoltaicos ligados em série, o que é indicado para aplicações com tensão CC segura inferior a 120 V/140 V, dependendo da versão do MiT escolhida para o seu projeto. Isso elimina a principal causa de incêndios em sistemas fotovoltaicos: Arco de alta tensão CC para que sua segurança patrimonial e pessoal seja atendida desde o início.

 

É fato que a maioria dos telhados não é ideal para paineis solares: eles costumam ser orientados em várias direções e quase sempre têm áreas com sombra. No caso dos inversores tradicionais, mesmo que uma pequena área de um painel fotovoltaico fique na sombra, isso diminui a potência de todo o conjunto. Por isso, os inversores tradicionais têm dificuldade de aproveitar totalmente a área disponível nos telhados.

 

Mas isso não se aplica ao supermicroinversor Hoymiles MiT. Ele pode ser instalado praticamente em qualquer telhado, sem que você tenha que se preocupar com condições desfavoráveis que afetam o desempenho do conjunto.

 

Para produzir o máximo de energia, o Hoymiles MiT conta com quatro MPPTs (rastreadores de ponto de potência máxima) que garantem que cada módulo fotovoltaico gere a potência ideal.

 

A tensão mínima do MPPT é de apenas 12 V, para que o microinversor comece a funcionar mais cedo e opere com pouca luz. Assim, os usuários se beneficiam de menos paralisações e mais tempo gerando energia útil e, em última instância, um melhor ROI.

 

Tudo isso é possível mesmo em condições extremas, pois o Hoymiles MiT foi projetado para funcionar com eficiência em temperaturas que vão de -40 °C a 65 °C. Além disso, o microinversor é muito resistente, com proteção IP67 contra chuva, neve, vento, sujeira e poeira. (foto/divulgação)

 

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo