Eletrônica e Informática

Indústrias do Polo de Manaus começam o ano com crescimento de mais de 12% no faturamento

O Polo Industrial de Manaus (PIM) começou 2024 com bons resultados. O faturamento de R$ 15,33 bilhões no mês de janeiro é 12,26% maior do mesmo mês de 2023 (R$ 13,66 bilhões). Em dólar, o faturamento no período em questão totalizou US$ 3,09 bilhões, 15,57% superior ao montante obtido em janeiro de 2023 (US$ 2,67 bilhões). Os dados são da Suframa.

 

As exportações do PIM atingiram US$ 66,9 milhões no primeiro mês do ano, o que indica crescimento de 35,63% em relação a igual mês de 2023 (US$ 49,32 milhões).

 

Com relação à mão de obra, o PIM registrou em janeiro 115.244 postos de trabalho diretos, entre efetivos, temporários e terceirizados, o que indica alta de 3,36% na comparação com janeiro do ano passado (111.495 postos de trabalho).

 

SEGMENTOS E PRODUTOS – Os cinco principais segmentos industriais do PIM em termos de participação no faturamento – Bens de Informática (22,25%), Eletroeletrônico (17,03%), Duas Rodas (18,49%), Químico (11,26%) e Mecânico (10,15%) – também tiveram início de ano positivo, com destaque, principalmente, para o desempenho do Polo de Duas Rodas, com faturamento em janeiro de R$ 2,83 bilhões e crescimento de 23,08%, e do subsetor Mecânico, com faturamento de R$ 1,55 bilhão e crescimento de 84,92%.

 

Entre os principais produtos fabricados pelo PIM, os maiores destaques, no mês de janeiro, ficam por conta da produção de receptores de sinal de televisão, com 663 mil unidades e crescimento de 179,41%; condicionadores de ar do tipo split system, com 522.539 unidades e aumento de 36,84%; condicionador de ar do tipo janela ou de parede, com 57.718 unidades e aumento de 1.474,41%; rádios aparelhos reprodutores e gravadores de áudio (não portáteis), inclusive, toca discos digitais a laser, com 64.402 unidades e aumento de 365,9%: monitores com tela de LCD (para uso em informática), com 245.398 unidades e aumento de 65,04%; fornos microondas, com 426.590 unidades e aumento de 54,83%; motocicletas, motonetas e ciclomotos, com 148.327 unidades e aumento de 14,77%; televisores com tela de LCD e OLED, com 1.169.900 unidades e aumento de 14,27%; e microcomputadores portáteis, com 46.534 unidades e aumento de 327,03%.

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo