Eletrônica e Informática

Intelbras produz cabos de redes e de fibra óptica em sua nova unidade de Tubarão

A nova filial da Intelbras, empresa brasileira desenvolvedora de tecnologias, iniciou suas operações na cidade de Tubarão (SC). Com investimento inicial de R$ 60 milhões, a unidade contempla linha de produção de cabos de redes e de cabos de fibra óptica.

 

“A Intelbras, que nasceu em Santa Catarina, um estado reconhecido como polo de inovação, sempre teve participação ativa no desenvolvimento industrial, tecnológico e social da região. Com a filial Tubarão, vamos ampliar nossa presença no estado, abrindo novas oportunidades de negócios e atuando de forma mais ampla no setor de cabos de redes e fibra óptica”, explica Altair Silvestri, CEO da Intelbras.

 

A filial de Tubarão é a sexta unidade da Intelbras. Além de duas unidades na cidade de São José (SC) (matriz e filial), a empresa também opera em Manaus (AM), Santa Rita do Sapucaí (MG) e Jaboatão dos Guararapes (PE). A nova unidade ocupa um terreno de 30 mil metros quadrados às margens da BR 101 (rodovia Ivane Fretta Moreira). Com 15 mil metros quadrados de área construída, deve gerar centenas de empregos diretos e indiretos na região.

 

Com a filial de Tubarão, que iniciou as suas operações em dezembro do ano passado, a Intelbras vai aumentar sua presença no mercado nacional de redes e cabos de fibra óptica, que consome anualmente mais de 1,5 milhão de quilômetros de cabos de fibra óptica e mais de 1 milhão de caixas de cabos de rede.

 

“Atuar de forma direta na produção de cabos de fibra óptica e redes é parte da estratégia da Intelbras de oferecer soluções cada vez mais completas em conectividade para o cliente. Nossa expectativa é obter um ganho de escala, ampliar o portfólio nesse segmento de mercado e atender nossos clientes com mais agilidade, customizações e melhoria contínua. Tudo isso vai fortalecer ainda mais a marca como uma solução completa, confiável e próxima dos parceiros e consumidores”, comenta Amilcar Scheffer, diretor da unidade de redes da Intelbras.

 

O principal destaque da produção na filial é a fibra óptica, que já corresponde a 66% da banda larga fixa do Brasil, segundo a Anatel. Entrar nesse mercado é também uma maneira de a Intelbras aumentar sua competitividade. “Ao produzirmos os cabos internamente, vamos aplicar nossa excelência operacional a um processo que começa na aquisição da matéria prima e vai até na expedição de nossas soluções”, destaca o executivo.

 

Para Thiago Carbogim Maciel, gerente da planta da filial Tubarão, a produção interna de cabos também vai proporcionar um controle de qualidade mais efetivo. “Como estaremos mais próximos de nossos fornecedores, vamos poder realizar amplos testes de qualidade em todos os processos, desde a fabricação até a entrega para o cliente, dentro das especificações necessárias. A unidade será um importante pilar da empresa, que vai nos aproximar ainda mais de nossos parceiros e fidelizá-los”, finaliza o executivo.  (foto/divulgação)

 

 

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo