Eletrônica e Informática

ISA CTEEP adota drones em 100% das inspeções em torres de transmissão

A ISA CTEEP, empresa do setor de transmissão de energia, anuncia que 100% das inspeções em torres de transmissão são feitas com drones. A tecnologia permite que a atividade – essencial para garantir a integridade do sistema de transmissão e a confiabilidade no fornecimento de energia – seja mais segura, precisa e rápida.

 

Com o uso dos drones, os operadores já não precisam escalar – nas atividades de inspeção – as cerca de 35 mil estruturas que estão sob a concessão da companhia. Como as tecnologias são equipadas com câmeras de alta resolução, capazes de capturar imagens detalhadas sob a condução de um operador que fica em solo, a inspeção também deixou de ser realizada in loco por meio de anotações escritas para ser feita com o suporte de um aplicativo na Central de Análise de Imagens Digitais (CAID) da companhia.

 

Essa digitalização das inspeções em torres de transmissão gerou vários benefícios em relação ao método tradicional, como o aumento de confiabilidade da inspeção, que passa a ter rastreabilidade com o registro de imagens que podem ser acessadas a qualquer momento; o aumento de segurança, com a substituição da escalada em torres que têm de 20 a 100 metros de altura; e o aumento de eficiência, com a redução de 50% do tempo estimado para a tarefa. Nas inspeções em linhas, a empresa busca novas soluções para serem embarcadas nos drones com a finalidade de agregar serviços e avançar na adoção da tecnologia.

 

“Para nós, que somos referência em gestão de ativos, essa conquista representa, além do avanço tecnológico, o compromisso da companhia com a segurança dos nossos colaboradores e com a qualidade e a eficiência dos serviços prestados à sociedade. Ao adotar drones em 100% das inspeções em estruturas, demonstramos a nossa capacidade de inovação e avançamos nos padrões de excelência no setor elétrico”, afirma Gabriela Desirê, diretora-executiva de Operações da ISA CTEEP.

 

TRANSFORMAÇÃO DIGITAL – Como parte do plano que visa digitalizar os processos de operação, a ISA CTEEP tem intensificado a adoção de drones nos cinco últimos anos, com investimentos que somam R$ 3 milhões na aquisição de mais de 115 equipamentos, com a finalidade de otimizar a inspeção de ativos, faixas de servidão e subestações e aprimorar o processo construtivo.

 

Durante a inspeção de faixas de servidão, a tecnologia, por exemplo, aumenta significativamente a precisão sobre a necessidade de podas de árvores próximas às linhas de transmissão, pois permite uma fotografia exata da interferência da alta vegetação nos ativos, o que pode ocasionar desligamento das linhas.

 

Na construção de linhas de transmissão, a tecnologia é utilizada para o lançamento de cabos, o que reduz a necessidade de supressão de árvores e aprimora a análise de topografia para otimizar os traçados de novas linhas, evitando interferências na vegetação, o que pode agilizar a etapa de licenciamento ambiental. (foto/divulgação)

 

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo