Metal Mecânica

Mercado de robôs industriais segue em crescimento, no Brasil, expansão é lenta

Instalações de robôs industriais em fábricas em todo o mundo somaram 553.052, com taxa de crescimento de 5% em 2022 em relação ao ano anterior. Por região, 73% de todos os robôs recentemente implantados foram instalados na Ásia, 15% na Europa e 10% nas Américas, de acordo com novo relatório World Robotics, lançado no último dia 26 de setembro pela International Federation of Robotics (IFR).

 

 

“O recorde mundial de 500.000 unidades foi superado pelo segundo ano consecutivo”, afirma Marina Bill, presidente da IFR. “Em 2023, espera-se que o mercado de robôs industriais cresça 7%, para mais de 590.000 unidades em todo o mundo.”

 

ÁSIA – A China é de longe o maior mercado do mundo. Em 2022, as instalações anuais de 290.258 unidades substituíram o recorde anterior de 2021 por um crescimento de 5%. Este último ganho é notável, uma vez que supera o resultado de 2021, quando houve um salto de 57% em comparação com 2020. Para servir este mercado dinâmico, os fornecedores de robôs nacionais e internacionais estabeleceram fábricas de produção na China e aumentaram continuamente a capacidade. Em média, as instalações anuais de robôs cresceram 13% a cada ano (2017-2022).

 

As instalações de robôs no Japão aumentaram 9%, para 50.413 unidades, ultrapassando o nível pré-pandemia de 49.908 unidades em 2019. O nível máximo permanece em 55.240 unidades em 2018. O país ocupa o segundo lugar, atrás da China, em tamanho de mercado para robôs industriais. As instalações anuais ganharam 2% em média ao ano (2017-2022). O Japão é o país predominante na fabricação de robôs no mundo, com uma participação de mercado de 46% da produção global de robôs.

 

O mercado na Coreia do Sul aumentou 1% – as instalações atingiram 31.716 unidades em 2022. Este foi o segundo ano de crescimento marginal, após quatro anos de declínio nos números de instalações. A Coreia continua a ser o quarto maior mercado de robôs do mundo, depois dos Estados Unidos, Japão e China.

 

EUROPA – A União Europeia como um todo continua a ser o segundo maior mercado do mundo (70.781 unidades; +5%) em 2022. A Alemanha é um dos cinco principais mercados em todo o mundo, com uma participação de mercado de 36% na região. As instalações da Alemanha diminuíram 1% para 25.636 unidades. A Itália segue com uma participação de mercado de 16% na União Europeia – as instalações cresceram 8% para 11.475 unidades. O terceiro maior mercado na União Europeia, a França, registrou participação no mercado regional de 10% e cresceu13%, instalando 7.380 unidades em 2022.

 

No Reino Unido pós-Brexit, as instalações de robôs industriais aumentaram 3%, para 2.534 unidades em 2022. Isto representa menos de um décimo das vendas da Alemanha.

 

AMERICAS – No continente, as instalações aumentaram 8%, para 56.053 unidades em 2022, superando o pico de 2018 (55.212 unidades). Os Estados Unidos, o maior mercado regional, foram responsáveis ​​por 71% das instalações nas Américas em 2022. As instalações de robôs aumentaram 10%, para 39.576 unidades. Este valor ficou um pouco abaixo do nível máximo de 40.373 unidades alcançado em 2018. O principal impulsionador do crescimento foi a indústria automotival, que apresentou um aumento de instalações de +47% (14.472 unidades). A participação da indústria automotiva voltou a crescer para 37%, seguida pela indústria metalúrgica e de máquinas (3.900 unidades) e pela indústria elétrica/eletrônica (3.732 unidades).

 

Os outros dois grandes mercados no continente são o México, onde as instalações de robôs cresceram 13% (6.000 unidades), e o Canadá, onde a procura caiu 24% (3.223 unidades), resultado da menor procura por parte da indústria automotiva, que é o principal segmento comprador no país.

 

O Brasil é um importante local de produção de veículos automotores e peças automotivas: a Organização Internacional de Fabricantes de Veículos Automotores (Oica) relata uma produção de 2,4 milhões de veículos em 2022. Isso mostra o enorme potencial de automação no país. O número de instalações cresceu lentamente, com altos e baixos cíclicos. Em 2022, foram instalados 1.858 robôs. Isso foi 4% a mais que no ano anterior.

 

PERSPECTIVAS – O ano de 2023 será caracterizado pela desaceleração do crescimento econômico global. Porém, não se espera que as instalações de robôs em 2023 sigam esse padrão. Não há qualquer indicação de que a tendência global de crescimento no  longo prazo chegue ao fim em breve: muito pelo contrário. A marca de 600 mil unidades instaladas por ano em todo o mundo deverá ser alcançada em 2024, de acordo com a IFR.

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo