Eletrônica e Informática

Oki desenvolve circuitos impressos flexíveis para aplicações em alta temperatura e alta pressão em ambientes com vapor

A Oki Electric Cable, empresa de cabos elétricos do Grupo Oki, desenvolveu dois novos tipos de produtos FPC (circuito impresso flexível) à prova de ambiente, que podem ser aplicados em condições adversas, incluindo as encontradas em alta temperatura e alta pressão em ambientes com vapor. Trata-se de um FPC à prova de calor e um FPC à prova de vapor de alta pressão. As vendas globais começarão em junho para aplicações envolvendo equipamentos e dispositivos que requerem tratamento térmico de alta temperatura ou esterilização a vapor de alta pressão.

 

FPCs são placas de circuito impresso flexíveis que usam filme plástico como substrato. Comparadas às placas de circuito convencionais rígidas, são extremamente finas e altamente flexíveis. Podem ser dobrados livremente, permitindo o uso em espaços estreitos em aparelhos eletrônicos; em configurações tridimensionais; e em peças móveis sujeitas a flexão repetida. Os componentes são montados em FPCs da mesma forma que em placas de circuito rígidas, tornando a tecnologia essencial para reduzir o tamanho e o peso dos dispositivos eletrônicos e criar uma ampla gama de aplicações em todos os setores. Os FPCs são encontrados tanto em dispositivos eletrônicos do dia-a-dia quanto em equipamentos eletrônicos industriais.

 

A demanda por FPCs cresceu nos últimos anos para uso em equipamentos de fabricação de semicondutores envolvendo tratamento térmico a temperaturas de cerca de 200°C e equipamentos médicos que requerem esterilização a vapor de alta pressão. Estas condições exigem a capacidade de resistir a ambientes agressivos. Expor os FPCs convencionais a temperaturas de 80°C ou acima ou a ambientes úmidos e de vapor de alta pressão degrada os adesivos nas camadas isolantes que protegem as placas de circuito, resultando em descamação da camada isolante e outros defeitos.

 

O FPC à prova de calor (na foto à direita) recém-desenvolvido aplica o tratamento de superfície proprietário da Oki Cable à folha de cobre para melhorar a adesão à camada isolante. Além desse tratamento de superfície proprietário, o FPC à prova de vapor de alta pressão (na foto à esquerda) incorpora resina de silicone na camada isolante para melhorar a resistência ao vapor de alta pressão. Isso mantém a adesão da camada de isolamento mesmo após a exposição ao tratamento térmico de alta temperatura a 200°C por 1.000 horas (para o FPC à prova de calor) e após o tratamento de vapor de alta pressão a 132°C e 0,2 MPa por 15 minutos × 250 ciclos (para o FPC à prova de vapor de alta pressão). Um MPa corresponde à pressão imposta por uma carga de aproximadamente 10,2 kg atuando sobre uma área de um centímetro quadrado. A resistência de isolamento e demais características elétricas atendem a todos os requisitos especificados pela norma aplicável (JPCA-UB01), para placas de circuito eletrônico, publicado pela Japan Electronics Packaging and Circuits Association.

 

“Os recursos dos FPCs podem habilitar a fiação para aplicações e em dispositivos onde os FPCs anteriormente não podiam ser usados ​​devido a restrições do ambiente operacional. Acreditamos que a maior liberdade no design do equipamento proporcionada por essas características levará a dispositivos com funcionalidade cada vez maior”, comenta Hideo Yamaguchi, presidente da OKI Electric Cable. (foto/divulgação)

 

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo