Metal Mecânica

Peça de reposição do caça F-22 Raptor é produzida por impressão 3D

A Força Aérea dos Estados Unidos imprimiu e instalou uma nova peça de reposição de titânio impressa em 3D no caça F-22 Raptor. Segundo publicações norte-americanas, a expectativa do Pentágono é utilizar a manufatura aditiva para produzir novas peças mais fortes e em menos tempo para os aviões mais antigos.

É fato que a peça em questão é de menor importância. Trata-se de um suporte instalado na parte inferior do cockpit do F-22. Esta peça, originalmente produzida em alumínio, é substituída em 80% dos casos durante a manutenção do caça. A peça de reposição nova é feita de pó de titânio e é produzida com o uso da tecnologia a base de laser, chamada powder bed fusion process, para construir a peça camada por camada.

Diferente do alumínio, a peça de titânio não será corroída e uma vez instalada pode durar por toda a vida útil do avião. A peça será monitorada ao longo do tempo e, se mostrar duradoura, peças similares serão instaladas em todos os F-22.

No momento, há pelo menos cinco peças para serem validadas para aplicação no F-22.

Fonte: Ipesi

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo