Eletrônica e Informática

Potência instalada de geração de energia solar chega a quase 34 GW no Brasil

A geração de energia solar no Brasil segue avançando. Segundo o Sistema de Informações de Geração da Aneel, produzido pela Agência Nacional de Energia Elétrica, as usinas solares alcançaram em 31 de agosto os 10,4 gigawatts (GW) de capacidade instalada, chegando a 5,27% da potência outorgada total (de 195,6 GW). No fim de agosto, havia 18,1 mil unidades de centrais geradoras solares fotovoltaicas em operação – contabilizadas apenas aquelas centralizadas, que podem ser despachadas pelo Operador Nacional do Sistema (ONS). Somente durante o mês, 15 usinas de fonte solar entraram em operação, totalizando 744,7 megawatts (MW).

Minas Gerais é o estado com maior número de empreendimentos solares fotovoltaicos, com 101 unidades e 3,6 GW de potência outorgada. Também ultrapassam 1 GW de capacidade decorrente de fonte solar os estados da Bahia (71 unidades, 2,1 GW) e do Piauí (50 unidades, 1,5 GW).

MICRO E MINIGERAÇÃO DISTRIBUÍDA – A micro e minigeração distribuída, de acordo com o painel de monitoramento disponível no portal da Aneel, há 2,1 milhões de sistemas com painéis solares instalados no país, com 23,5 GW em potência instalada. Esses sistemas beneficiam mais de 3 milhões de unidades consumidoras com créditos que compensam parcial em totalmente o uso da energia elétrica contabilizado na fatura mensal.

O estado com maior potência instalada em micro e minigeração distribuída de fonte solar é São Paulo (339 mil sistemas, 3,2 GW instalados), seguido por Minas Gerais (256 mil sistemas, 3,1 GW) e Rio Grande do Sul (271 mil sistemas, 2,4 GW).  Somente em 2023, 446,9 mil sistemas foram instalados em todo o país, com uma oferta de 5,3 GW.

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo