Eletrônica e Informática

Receita mundial de semicondutores crescerá 17% em 2024

A receita global de semicondutores deve crescer 16,8% em 2024, totalizando US$ 624 bilhões, de acordo com previsão do

Gartner, atuante no segmento de pesquisa e aconselhamento para empresas.

 

“A forte demanda por chips para suportar cargas de trabalho de inteligência artificial (IA), como unidades de processamento gráfico (GPUs) não será suficiente para salvar a indústria de semicondutores de uma queda de dois dígitos em 2023″, afirma Alan Priestley, vice-presidente e analista do Gartner, destacando que a redução na demanda por smartphones e PCs, juntamente com a fragilidade nos gastos de Data Centers/hiperescaladores, influenciou a queda na receita no ano passado.

 

O Gartner indica que 2024 deve ser um ano de recuperação, com crescimento na receita para todos os tipos de chips, impulsionado pelo aumento de dois dígitos no mercado de memória.

 

Após uma queda de dois dígitos (38,8% de redução em 2023), a expectativa do Gartner é que a receita de memória se recuperará em 2024, crescendo 66,3% em 2024. A demanda anêmica e a queda nos preços devido a um grande excesso de oferta levaram a uma queda de 38,8% em 2023 na receita de flash NAND, atingindo US$ 35,4 bilhões em 2023. Nos próximos 3 a 6 meses de 2024, os preços na indústria de NAND atingirão seu limite e as condições melhorarão para os fornecedores.

 

Os analistas do Gartner preveem uma recuperação robusta em 2024, com a receita crescendo para US$ 53 bilhões, o que deve representar um aumento de 49,6% ano a ano. Devido ao alto nível de excesso de oferta e à falta de demanda, os fornecedores de DRAM estão reduzindo os preços de mercado para diminuir o estoque. Até o quarto trimestre de 2023, o excesso de oferta no mercado de DRAM continuará, o que deve desencadear um aumento nos preços. No entanto, o efeito completo do aumento de preços só será visto em 2024, quando a receita de DRAM deverá aumentar 88%, totalizando US$ 87,4 bilhões.

 

A Integração de técnicas de inteligência artificial gerará novos servidores. Avanços em Inteligência Artificial Generativa (GenAI) e grandes modelos de linguagem estão impulsionando a demanda pela implantação de servidores de alto desempenho baseados em GPU e placas aceleradoras em data centers. Isso está criando a necessidade de aceleradores de carga de trabalho serem implantados em servidores de Data Center para suportar tanto o treinamento quanto a inferência de cargas de trabalho de Inteligência Artificial. Os analistas do Gartner estimam que, até 2027, a integração de técnicas de Inteligência Artificial em aplicativos de Data Center resultará em mais de 20% dos novos servidores incluindo aceleradores de carga de trabalho.

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo