Metal Mecânica

Receita operacional líquida da Rudolph mais que dobra no acumulado até setembro

A Rudolph Investimentos e Participações, controladora da Rudolph Usinados, Rudolph Fixações e Usitim, sediada em Timbó (SC), alcançou recorde na receita operacional líquida, no acumulado do ano até setembro. O valor chegou a R$ 137,6 milhões, um salto de 100,4% sobre o mesmo período de 2020, superando as estimativas do planejamento estratégico do grupo. No trimestre, a receita atingiu R$ 50,8 milhões, com avanço de 9,5% sobre abril a junho deste ano e de 71,1% sobre o terceiro trimestre de 2020.

Os números divulgados indicam crescimento médio de 18,5% ao ano, ao longo dos últimos cinco anos. O balanço compara o desempenho do grupo – que tem presença no mercado automotivo, como fornecedora de componentes – à performance da indústria nacional de veículos: segundo dados da Anfavea, o setor cresceu 4% em cinco anos, e a receita líquida da Rudolph aumentou em 134%. Quase 31% da receita se deve ao segmento automotivo pesado, e 28% é proveniente de clientes da indústria automotiva leve.

 

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo