Metal Mecânica

Robótica cognitiva é aplicada automatizar inspeções de estruturas aeronáuticas

A busca contínua por processos mais rápidos, melhor controle e maior qualidade na indústria aeroespacial requer uma geração avançada de automação, projetada para automatizar processos complexos que, até pouco tempo atrás, só podiam ser feitos manualmente. Quando se trata de testar estruturas críticas, como pás de helicóptero, os potenciais benefícios da automação aumentam exponencialmente, uma vez que a inspeção robótica garante precisão e eficiência. Eles também garantem a padronização e a conformidade total com o processo de teste, realizando objetivamente cada tarefa atribuída.

 

Para atender a essa necessidade, a Comau e a Leonardo estão trabalhando juntas para desenvolver e testar uma solução robótica autoadaptativa para inspecionar, de maneira autônoma, pás de helicóptero de até 7 metros. Esta solução inteligente de inspeção foi desenvolvida como um projeto piloto conjunto e foi testada em Anagni, Itália, no ano passado. O sistema pode agora ser transferido para outro local para fornecer capacidades aperfeiçoadas de serviços de MRO – Maintenance, Repair and Overhaul (Manutenção, Reparo e Revisão).

 

Com a combinação de robótica cognitiva, sistemas de visão avançados e inteligência artificial, a solução é capaz de realizar de maneira autônoma testes de batida e inspeção de superfície multiespectral ao longo da pá não linear, para medir e verificar a integridade estrutural com uma granularidade que excede milhares de pontos. Mais ainda, a inspeção robótica garante 100% de precisão dentro do processo auto adaptativo da Leonardo e permite que os operadores aperfeiçoem suas posições preservando e valorizando aspectos como segurança e bem-estar em comparação com o processo inicial repetitivo e trabalhoso. Além disso, a mudança da automação manual para robótica permitirá que a Leonardo aproveite todos os benefícios da engenharia de processos, em comparação com a operação manual, na qual a experiência é compartilhada entre técnicos, e frequentemente de maneira não padronizada.

 

COLABORAÇÃO TÉCNICA -Analisando a colaboração técnica, cada uma das empresas compartilhou competências específicas para otimizar o processo de inspeção de ponta a ponta. Isso inclui algoritmos inteligentes e planejamento avançado de caminhos para que o robô veja e reaja ao ambiente em que está inserido, bem como uma infraestrutura de aquisição e processamento de dados abrangente, que facilita o reconhecimento otimizado de som e imagem. À medida em que as pás são estimuladas mecanicamente pelo robô inteligente, a resposta sonora é gravada e fotografada usando uma câmera multiespectral para detectar defeitos ocultos e superficiais.

 

Outra característica do sistema é que ele detecta automaticamente o ambiente. Primeiro, ele localiza a pá, que foi colocada em seus suportes pelo operador, detecta quaisquer obstáculos e, em seguida, calcula a otimização do tempo de ciclo e o planejamento do caminho, sem colisão. Toda essa complexidade técnica é traduzida em uma interface do usuário simples e eficaz, baseada em uma programação low-code, ou seja, com menos códigos do que o convencional. Isso permite que o operador programe o robô usando comandos humanos simples, como por exemplo: procurar a pá, encontrar a posição e executar a ação necessária. Ao fazer isso, a solução muda o papel do operador, que deixa de executar tarefas repetitivas e trabalhosas, canalizando a experiência na programação do robô e garantir a eficiência dos processos, que agora são padronizados.

 

Essa automação inteligente ajuda a reduzir a aparente complexidade dos processos e a otimizar seus resultados, permitindo que o robô perceba e enxergue o ambiente ao seu redor, automatize sua tomada de decisões e otimize intuitivamente os processos de inspeção. Isso proporciona maior flexibilidade sem sacrificar aspectos essenciais, como precisão ou repetibilidade.

 

“O compromisso da Comau com o projeto e desenvolvimento de tecnologias e soluções de ponta para processos elaborados nos permite estender os benefícios da automação avançada a setores críticos, como o aeroespacial“, explica Nicole Clement, chief of Comau Advanced Automation Solutions Business Unit. “A colaboração com a Leonardo nos dá a oportunidade de ampliar nosso alcance de inovação, desenvolvendo um sistema de inspeção mais inteligente e orientado por dados, que fornece uma avaliação objetiva dos principais elementos estruturais dentro de um processo padronizado, automatizado e altamente preciso.”

 

“Este projeto marca um passo significativo na estratégia da Leonardo para transformar processos industriais por meio da digitalização e robótica avançada”, diz Mattia Cavanna, head of Technology & Innovation na Leonardo Helicopters. “Ele também se alinha perfeitamente com nosso compromisso constante com o suporte técnico aprimorado, o que, por sua vez, gera benefícios concretos em termos de segurança e qualidade. Através de nossa parceria com a Comau, introduzimos uma automação disruptiva em nosso setor, reafirmando nossa dedicação com o bem-estar da nossa força de trabalho.”

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo