Eletrônica e Informática

Rockwell Automation troca EPI e reduz risco de queimaduras pela metade

Projeto de segurança do trabalho da Rockwell Automation, empresa da área de automação industrial, reduziu pela metade o risco de queimaduras e dobrou a chance de sobrevivência de funcionários em caso de acidentes com chamas.

A empresa decidiu, em sua planta fabril brasileira, em Jundiaí (SP), trocar suas vestes antichamas feitas de tecido misto por um traje de tecido inerente, tecnologia que tem resistência à combustão derivada da característica molecular da fibra de carbono – o que permite ao material nunca perder suas propriedades de resistência ao fogo (RF).

“Nossa roupa de tecido misto com proteção química não protegia o suficiente, além dos gases gerados da queima de sua proteção química ter efeitos tóxicos para a saúde do colaborador. Com a mudança tivemos não só ganho em segurança, como redução de custo com a reposição de roupas”, afirma Dionísio Lopes dos Santos, Coordenador de EHSS e idealizador do projeto.

 

TESTES  – Em testes realizados pelo DuPont Thermo-Man equipamento que mede a eficácia de vestimentas de proteção contra fogo repentino, foi feita uma comparação entre os trajes até então utilizados e os com a vestimenta Nomex Essential Arc.

“Os resultados mostraram que a antiga vestimenta utilizada pela Rockwell Automation, ao ser exposta a chamas por quatro segundos, obteve uma previsão de queimadura de 53%. Nos trajes com tecnologia DuPont, esse percentual caiu para 21%”, afirma Eduardo Moreira, especialista técnico DuPont Nomex para América Latina.

O traje inerente também aumentaria as chances de sobrevivência de um colaborador com faixa etária entre 50 e 59 anos: de aproximadamente 45%, no caso das vestes anteriores utilizadas pela companhia, para cerca de 80%.

“Para garantir o conforto e eficácia dos trajes, Rockwell e DuPont trabalharam juntas para customizar os novos uniformes dos colaboradores”, diz Santos. “Também realizamos um treinamento para os funcionários sobre a utilização e manutenção das vestimentas.”

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo