Metal Mecânica

Romi apresenta máquinas-ferramenta para o setor sucroenergético

A Romi anunciou que estará presente na Fenasucro & Agrocana 2018, a 26ª Feira Internacional de Tecnologia Sucroenergética, que acontece entre os dias 21 e 24 de agosto na cidade de Sertãozinho (SP). O evento é o único que reúne toda a cadeia de produção do setor sucroenergético em um só local, contemplando desde o preparo do solo, plantio, tratos culturais, colheita, industrialização, mecanização, aproveitamento dos derivados, armazenamento e transporte até a industrialização do produto-final e sua distribuição.

Para o gerente de vendas da Romi, Maurício Lopes, o evento é uma grande oportunidade de apresentar as soluções completas que a companhia pode fornecer para os players do setor. “A Romi tem mais de 87 anos de experiência no desenvolvimento de soluções inovadoras. A Fenasucro & Agrocana é uma ótima oportunidade de mostrar como nossas máquinas levam alta produtividade, robustez, precisão e tecnologia ao setor sucroenergético”, afirma o executivo.

No estande da companhia, os visitantes vão ver demonstrações de produtos e conferir uma série de modelos da linha de equipamentos da empresa, além de contar com o suporte técnico da equipe de especialistas, que vão orientar sobre as melhores aplicações das máquinas, e oferecer suporte comercial e informações sobre as opções de financiamento disponíveis.

Um dos destaques no estande da Romi é a nova geração dos centros de usinagem verticais da linha Romi D, lançada na Feimec 2018, que se destaca pela versatilidade e pela maior área de trabalho, além de se destinada a uma ampla gama de aplicações.

No evento, os visitantes vão poder conhecer o centro de usinagem vertical Romi D 800, com estrutura que proporciona altos níveis de estabilidade térmica e geométrica, rigidez e alta capacidade de absorção dos esforços de usinagem, possibilitando altas taxas de remoção de cavacos. O equipamento conta ainda com o sistema de compensação térmica no eixo Z, que reduz os efeitos da oscilação da temperatura e garante resultados dimensionais estáveis mesmo durante longos períodos de trabalho.

Equipado com cabeçote Direct Drive, os centros de usinagem vertical da linha Romi da nova geração, incluindo o modelo em exposição, permitem altas rotações, garantindo melhor acabamento superficial. Todos os eixos possuem guias lineares de rolos, que garantem avanços de até 40m/min, excelente precisão de movimentos e posicionamento.

O modelo conta ainda com trocador automático para 30 ferramentas, painel touchscreen de 15″ e o novo CNC Fanuc Oi-MF i-HMI, que possibilita ao usuário acesso às principais funções ao equipamento em apenas dois cliques, além de maior capacidade de processamento e memória.

A Romi exibe também o centro de torneamento vertical VTL 500 MR, que promete elevar a eficiência e proporcionar alta performance ao setor sucroenergético, permitindo aumentar significativamente a produtividade dos processos de usinagem dos mais variados tipos de peças de placa, com alta capacidade de remoção de cavacos e alta precisão. Estas máquinas foram projetados para operar em ambientes de baixa e alta produção, equipados com ferramentas acionadas para operações de furação e fresamento.

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo