Metal Mecânica

Sumig pode fornecer células de soldagem robotizadas com financiamento da Finep

Para ajudar organizações a aumentar sua produtividade, incluir mais tecnologia e modernização em seu processo produtivo, a Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), do Governo Federal, lançou o programa Inovacred 4.0, que credenciou fornecedores de tecnologias voltadas para a Indústria 4.0. Uma delas é a Sumig. Com isso, a companhia pode oferecer células de soldagem robotizadas com condições facilitadas.

Podem se beneficiar do financiamento as micro, pequenas, médias e médias-grandes empresas, que tenham até R$ 300 milhões de receita operacional bruta anualmente. Para microempresas e empresas de pequeno porte, o valor do financiamento começa em R$ 150 mil e pode chegar até R$ 10 milhões, com taxa de TJLP + 0,090% ao ano. Já para médias e médias-grandes empresas, o valor financiado também inicia em R$ 150 mil e pode alcançar R$ 5 milhões. A taxa do financiamento para essa modalidade é de TJLP + 1,072 % ao ano.

O aporte de recursos pela Finep é de até 90% do valor do contrato para as microempresas e empresas de pequeno porte, enquanto esse limite, para médias e medias-grandes empresas, é de até 80% do valor do contrato. Para todos os financiamentos, a carência é de até 24 meses (em que são pagos apenas os juros contratados) e o prazo de amortização (pagamento do valor total mais juros) é de até 96 meses.

Para candidatar-se ao financiamento via Finep, o interessado deve procurar um agente financeiro e preencher o Formulário de Submissão de Proposta disponibilizado pela agência bancária. Como parceira do empreendedor, a Sumig fornece o formulário padrão de proposta Finep e oferece a declaração de anuência técnica, necessária ao padrão do financiamento. A empresa também deve se submeter aos processos de aprovação de crédito. A financiadora, então, avalia a viabilidade de cedência do crédito.

A Sumig também é credenciada pela Agência Especial de Financiamento Industrial (Finame), subsidiária do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). A expectativa é que o credenciamento em ambas instituições alavanque bons negócios, por meio de seus financiamentos rápidos, seguros e desburocratizados.

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo