Metal Mecânica

Tornos Group vê grande potencial de expansão no mercado brasileiro

“Quando observado de fora, o Brasil demonstra um grande potencial de crescimento e modernização.” Essa é a avaliação da diretora das operações Tornos Group no Brasil e EUA, Naiane Nunes.

Quando comparado a outros países com tecnologias digitais de manufatura avançada, a indústria brasileira ainda está se familiarizando com a digitalização e com os impactos que esta pode ter sobre a competitividade. Observando este cenário, a Tornos Group investiu na criação do showroom (localizado em Campinas -SP) e em equipe nacional para as operações, vendas e assistência técnica.

Em 2021, a multinacional em âmbito global teve crescimento global de 65,9%. Contribuíram para este crescimento a prestação de serviço, como reposição de peças e a atualização dos maquinários mais antigos para padrões mais recentes, no sentido de uma economia circular. Já em terras brasileiras, a companhia expandiu as vendas para novos segmentos. “O mercado automotivo, dental e medical continuam sendo os segmentos mais expressivos”, diz Naiane Nunes.

Para 2022, a Tornos prevê aumentar o número de máquinas expostas no showroom, o que deve ocorrer até o fim do primeiro trimestre. Também projeta atuar fortemente em parcerias com instituições de ensino, para auxiliar na qualificação profissional, além dos investimentos em campanhas de marketing.

“Acessibilidade: esta é a palavra do ano para nossa equipe no Brasil. Queremos oferecer aos clientes mais acesso aos maquinários, trazendo para o showroom novos equipamentos. Também queremos dar mais acesso ao conhecimento e fazer esta troca de experiência com estudantes, afinal eles são o futuro profissional do nosso país”, comenta.

MÃO DE OBRA – A Tornos tem como meta para 2022,  desenvolver parcerias para a capacitação dos trabalhadores e, com isto, agregar para a sociedade como um todo. “Quando a cadeia produtora apresenta um déficit, a única solução é se unir para solucionar. A Tornos Group assumiu um compromisso não somente com os clientes, mas também com a sociedade brasileira. Sabemos das dificuldades que as empresas enfrentam para encontrar mão de obra qualificada. Por isso, temos um projeto – que será divulgado em breve – com uma grande instituição de ensino, onde iremos disponibilizar maquinários para que os alunos tenham acesso ao que há de mais moderno quando o assunto é indústria 4.0 e CNC e, desta forma, colocar em prática aquilo que foi ensinado em sala de aula. Penso que temos muito caminho pela frente, em transformar a necessidade em ação natural como um todo. O espaço não pode ser limitado, ele é de todos e para todos”, defende a executiva. (foto/divulgação)

 

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo