Metal Mecânica

Voltz vai instalar fábrica de motos elétricas no Polo Industrial de Manaus

A Voltz, empresa que atua no ecossistema de mobilidade elétrica, anuncia o recebimento de um aporte de R$ 100 milhões. A rodada de investimento foi liderada pela Creditas e contou também com a participação do UVC Investimentos, fundo de Venture Capital do Grupo Ultra, companhia multinegócios responsável por empresas como Ipiranga, Ultragaz e Extrafarma, entre outras.

O investimento de R$100 milhões tem grande participação da Creditas, com R﹩ 95 milhões. “O papel do crédito na venda de veículos, principalmente motocicletas, é importante no Brasil, e, por isso, iremos atuar também nessa demanda junto com a Voltz”, explica Sergio Furio, fundador e CEO da Creditas.

O investimento do UVC, de 5 milhões, é uma aposta em startup promissora, com um produto que gera menor impacto no meio ambiente. O investimento possibilita parcerias também com os negócios do grupo, como showrooms pop-up e estações de troca de bateria nos postos Ipiranga.

Com o aporte, a Voltz vai direcionar recursos para a instalação de uma fábrica no Polo Industrial de Manaus (PIM). “A operação em Manaus deve começar neste ano e concentrará toda a produção e montagem das motos elétricas. A Voltz planeja realizar um investimento inicial de mais de R$ 10 milhões e a capacidade anual de partida de produção da fábrica será de aproximadamente 15 mil veículos/mês. Esperamos que 500 empregos serão gerados com a iniciativa.” diz Sergio Furio, CEO da Creditas.

“A instalação da fábrica reafirma nosso objetivo de criar uma empresa com produção completamente brasileira e vai trazer mais agilidade para a logística. Por lá, vamos fabricar uma série de peças, como pedais, retrovisores, pastilhas, discos de freios, entre outros”, comenta Renato Villar, fundador da empresa.

Atualmente, a Voltz conta com lojas conceito em Recife, cidade em que foi fundada, e em São Paulo e mais de 30 showrooms distribuídos pelo país. Nestes locais, os clientes podem testar seus produtos e conhecer sobre os veículos elétricos.

As vendas da Voltz são feitas exclusivamente por canais digitais, em que o consumidor seleciona o produto que deseja, com as configurações que precisa e efetua o pagamento. Depois, basta esperar que o produto seja entregue na porta de sua casa. A operação é inédita para uma empresa nacional de duas rodas.

Todos os veículos podem ser equipados com até duas baterias para aumentar a autonomia. Em seu “cardápio”, a Voltz conta com a scooter EV1, nos modelos básico e Sport, que possui mais autonomia e velocidade, e a moto inteligente EVS, projetada para aguentar o trânsito intenso e grandes distâncias.

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo