Metal Mecânica

Fagor apresenta novo sistema de compensação volumétrica para reduzir erros de usinagem

Os erros de produção na usinagem podem acontecer devido a variadas causas. Alguns são relativos a características associadas com o projeto, com a cinemática, com a montagem etc. Para solucionar os erros de usinagem, a Fagor Automation criou a “Easy Volumetric Compensation”.

 

A melhor maneira de resolver alguns desses erros é o projeto adequado da máquina. Porém, isso nem sempre é possível ou não é economicamente viável.

 

Também, em máquinas de porte médio ou grande, o aumento da rigidez pode ser impossível além de certo limite, ou ter um custo inaceitável.

 

É por isso é que necessita complementar as ferramentas clássicas de compensação de erros com outras mais avançadas que se adaptam aos diferentes projetos de máquinas, inclusive aquelas com cinemáticas particulares.

 

Anteriormente a Fagor Automation lançou a Compensão Volumétrica como resposta a essa necessidade. Por meio de medições realizadas por empresas especializadas, se geravam até 21 tabelas de compensação, que o CNC gerenciava simultaneamente para obter usinagens de alta qualidade.

 

Com a nova “Easy Volumetric Compensation” (Compensação Volumétrica Simples) basta definir 25 pontos de controle por eixo, sendo muito mais rápido realizar a calibração e integrar os pontos no CNC.

 

Isso melhora significativamente a precisão da máquina e é mais econômico, já que se evita a necessidade de contratar empresas terceiras para realizar medições exaustivas.

 

Sem atingir os níveis de precisão da compensação volumétrica standard, se consegue melhorias na precisão muito relevantes e válidas para a maior parte das máquinas.

 

Etiquetas
Mostrar mais

Artigos relacionados