Metal Mecânica

Mesmo com desaceleração nos negócios, THK Brasil projeta crescimento 20% em 2023

A THK Brasil, pioneira mundial no desenvolvimento do mecanismo de guia de movimento linear, fabricante de diversos modelos de guias lineares, fusos de esferas, atuadores lineares e elementos de máquinas, projeta fechar 2023 com crescimento de 20% nas vendas, embora tenha tido desempenho superior ao projetado durante o primeiro semestre do ano.

“Terminamos o primeiro semestre deste ano acima da nossa expectativa. Porém, devido à desaceleração que provavelmente se prolongará pelo terceiro trimestre, vamos manter a meta anual e fechar 2023 com crescimento de vendas de 20%”, afirma Nilton Martins Gimenes (foto), diretor-presidente da THK Brasil, que comemora 30 anos de atuação no mercado nacional.

“Este ano começou com forte demanda, principalmente, em função do represamento dos investimentos ocorrido no período pré-eleição presidencial, conforme verificado em nossos clientes. Em decorrência deste fenômeno, o primeiro trimestre foi muito positivo, gerando ótimos resultados. Contudo, no segundo trimestre ocorreu uma desaceleração, em relação ao desempenho do primeiro trimestre”, analisa Gimenes.

Para Gimenes, o maior desafio para a companhia é o dimensionamento da empresa para atender o mercado com qualidade, no prazo desejado e com custos adequados, até porque, atua praticamente em todos os segmentos industriais, com ênfase ao de máquinas e semicondutores, sempre em consonância com os avanços e as necessidades da sociedade, como no desenvolvimento de energias renováveis, sistemas de controle e monitoramento / IoT (indústria 4.0), agronegócio etc.

Nesse sentido, a empresa vem promovendo mudanças na forma de fazer negócio com vistas a Internet das Coisas, computação em nuvem e Inteligência Artificial. “Devemos fornecer não apenas os componentes de máquinas, mas também ofertar a possibilidade de monitorá-los de forma adequada, precisa e em tempo real. Com a disponibilidade do Omniedge, a THK já está construindo este futuro”, acrescenta Gimenes.

Omniedge é um sistema que permite acoplar um sensor a um componente (guia linear, fuso de esferas, rolamento, motor, ferramenta de usinagem etc.) para quantificar e visualizar sua condição atual. O resultado se traduz em gerenciamento eficiente da operação, estoque e manutenção com redução de custos.

LINHA DO TEMPO – No Brasil, a THK completa 30 anos. No entanto, já são 52 anos desde que Hiroshi Teramachi, em 1971, fundou a empresa com o nome de Toho Seiko Co. Ltd., em Meguro, Tóquio. Esta fundação ocorreu em um ambiente propício, pois o Japão vinha de uma grande expansão econômica nas décadas de 50 e 60, com avanço do PIB de mais de 9% ao ano, sendo que na indústria manufatureira atingia 13%.

Em abril de 1972, a THK iniciou as vendas de seu produto pioneiro no mundo: as guias lineares. No ano seguinte, ocorreu a crise mundial do petróleo, afetando a economia japonesa devido aos altos custos da energia, exigindo economia de energia elétrica e aumento da produtividade (com precisão elevada), dois itens principais entre as vantagens das guias lineares.

Na década de 80, o crescimento da empresa foi alavancado graças aos avanços dos microcircuitos e semicondutores, segmento que até hoje a THK é líder nos mecanismos de movimentação das máquinas. Tanto que com apenas 10 anos da fundação, em março de 1981, é constituída a THK América e, em outubro do ano seguinte, a THK Europa, na Alemanha.

Em setembro de 1993, a THK se estabelece no Brasil, inicialmente, em um escritório na av. Paulista, em São Paulo. A implantação do estoque local alavancou o crescimento, possibilitando a transferência da empresa para um galpão industrial, no bairro do Jaguaré, São Paulo, em 2002.

Nos anos 2000, o Brasil cresceu economicamente, sustentado por políticas de incentivo ao consumo e distribuição de renda, cenário que fortaleceu o segmento industrial e contribuiu para o crescimento sustentável da empresa. De tal modo, que a THK Brasil triplica sua área fabril, em 2015.

Hoje, a THK possui 623 patentes no Japão e 1.310 em outros países. A equipe de colaboradores soma mais de 13.500 pessoas no mundo distribuídos em 37 plantas industriais e 122 escritórios de vendas. (foto/divulgação).

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo