Metal Mecânica

Metalock Brasil presta serviços de usinagem para a Marinha Brasileira

Técnicos da Metalock Brasil foram acionados para realizar serviço de usinagem em bloco de motor Bergen KGVB-16, no local, em Navio de Socorro Submarino, incorporado à Marinha do Brasil desde 1988. O navio, que é equipado para atuar em trabalhos de resgate a submarinos sinistrados e em apoio a atividades de mergulho profundo, encontrava-se na Base Naval do Rio de Janeiro (BNRJ).

Para realizar a usinagem do assentamento de camisa superior e inferior, os técnicos da Metalock Brasil fizeram levantamento dimensional da área, para preparo do dispositivo de usinagem no local.

Após prepararem o equipamento de usinagem de campo e transportá-lo para bordo, máquina e dispositivo foram alinhados sobre o bloco, procedendo com a usinagem dos assentamentos.

O reparo prosseguiu com a usinagem de todos os 16 vedantes inferiores para diâmetro de 313mm. Conforme necessário, os profissionais fabricaram anéis de ferro fundido GG50, montaram no local por interferência, fixados com trava química e mecânica. Depois, os anéis foram usinados internamente e tratados para atingir o acabamento superficial, ficando todos com diâmetro final 295mm.

A etapa seguinte consistiu no mandrilamento dos mancais fixos do bloco do motor. Os técnicos removeram as capas dos mancais de bordo e a transportaram para a oficina Metalock Rio de Janeiro, onde procederam com testes de líquido penetrante para verificar possíveis trincas e ajuste das laterais. Os mancais foram transportados de volta a bordo, montados com torque conforme recomendação do fabricante.

Os profissionais seguiram com a montagem e alinhamento do equipamento de mandrilhar no bloco, ocorrendo a usinagem de todos os alojamentos dos mancais fixos para diâmetro original de 218,00mm, conforme recomendado pelo fabricante.

Após a finalização do serviço, o navio ficou apto para seguir com o apoio ao mergulho e resgate de submarinos junto à Marinha Brasileira.

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo