Metal Mecânica

Oxis Energy vai produzir células de lítio-enxofre para uso em aviação, defesa e veículos elétricos

A Oxis Energy Ltd UK e a Codemge Participações S.A., empresa pública constituída na cidade de Belo Horizonte (MG), assinaram contrato de arrendamento de 15 anos com Mercedes Benz Brazil (MBB). Na unidade de Juiz de Fora (MG) será aberta a primeira unidade fabril digital do mundo para a produção em massa de células de lítio-enxofre da Oxis. A Oxis Energy Brazil Holdings administrará a fábrica.

 

O investimento da Codemge no valor de US$ 60 milhões será destinado à construção da fábrica em Belo Horizonte, com a 1ª fase contando com uma capacidade de 2 milhões de células anualmente. Em colaboração com a Siemens Digital Factory, entre outras, o objetivo é projetar uma fábrica que produzirá cerca de 5 milhões de células até a metade da década de 2020. A conclusão da 1ª fase está prevista para 2022.

 

As células de baterias de lítio-enxofre da companhia serão desenvolvidas, projetadas e produzidas para satisfazer as demandas de três setores – da aviação, da defesa e dos veículos elétricos como ônibus, caminhões e veículos comerciais leves, refletindo os clientes atualmente em parceria com a OXIS.

 

 

“A decisão tomada pela Codemge de investir na Oxis para o desenvolvimento e construção da primeira fábrica de tecnologia de células de baterias de lítio-enxofre do mundo é de enorme importância para a adoção generalizada de veículos elétricos puros destinados ao consumo mundial. Demonstra também a visão do governo estadual de Minas Gerais de afastar-se da dependência das capabilidades norte-americanas ou asiáticas de fabricação de células de baterias. O Brasil emergirá como um importante fornecedor de baterias recarregáveis de lítio, explorando ao mesmo tempo as reservas minerais naturais de lítio existentes no estado de Minas Gerais”, diz Huw Hampson-Jones, CEO da Oxis Energy.

 

“A colaboração com a Oxis Energy ilustra a diversificação da estrutura industrial de Minas Gerais. Sua entrada neste setor de alta tecnologia expandirá suas relações científicas e comerciais com o Reino Unido. A fábrica de células de lítio-enxofre representa uma integração estratégica downstream do envolvimento da Codemge na mineração de lítio e na produção de químicos”, afirma Marco Antonio Castello Branco, CEO da Codemge.

 

Essa rodada de financiamento agrega-se ao investimento de 6,3 milhões de libras concluído em 2018 pela empresa brasileira de fundos de participação acionária Aerotec.

 

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo