Eletrônica e Informática

Seguro paramétrico de índice climático pode contribuir na gestão financeira de empresas de energia solar

O setor de energia solar já trabalha com muitas ferramentas tecnológicas no Brasil, mas por mais sofisticados que sejam os estudos e previsões meteorológicas, não é possível estimar de forma precisa o volume final da produção, que é muito dependente das variações climáticas.

De acordo com Elaine Fridman, especialista em soluções de seguros paramétricos da Swiss Re Corporate Solutions, nos próximos dez anos a matriz elétrica brasileira apresentará um aumento da participação de fontes renováveis, com destaque para fontes solar e eólica.

Considerando esse possível cenário, Elaine afirmou durante o workshop “Como Mitigar o Impacto dos Efeitos Climáticos na Geração de Energia Solar”, durante o evento “Brasil Solar Power 2018”, realizado no Rio de Janeiro, que o seguro paramétrico de índice climático pode contribuir na gestão financeira de empresas de energia solar, uma vez que o produto visa proteger o fluxo de caixa de empresas contra eventos climáticos adversos. No caso do setor de energia solar, o seguro compensa o gerador pela queda de receita em função de um menor volume de energia provocado por baixa irradiação solar, por exemplo.

O seguro paramétrico de índice climático é customizado de acordo com a necessidade específica do cliente. São definidos índices, gatilhos e prazos de cobertura em comum acordo entre o cliente e a seguradora. Assim como a contratação, a indenização é realizada por meio de uma apuração simples. A seguradora e o cliente apuram o resultado do índice através de consulta à base pública e, se constatado sinistro, o cliente é indenizado conforme estipulado na apólice.

A Swiss Re Corporate Solutions é maior provedora de proteção climática do mundo, com uma importante trajetória em inovação de produtos em mais de 20 países. Com o seguro paramétrico de índices climáticos, a seguradora trabalha há mais de 10 anos nos EUA e Europa e foi a primeira companhia a oferecer esse produto no Brasil, em 2016.

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo