Metal Mecânica

Uso de retificadoras da Junker e da Zema em linha de usinagem de virabrequins proporciona resultados positivos

Numa linha de usinagem de virabrequins, a aplicação de duas máquinas retificadoras Jucrank 6S 10-10 da Junker e uma retificadora Numerika G 1500 Plus, da Zema proporciona excelentes resultados. É o que indica um projeto em que são retificados virabrequins com comprimento de 550 mm e peso de 22 kg. Primeiro são retificados os mancais principais e moentes na Jucrank 6S 10-10 com CBN. Em seguida, a flange e a espiga são usinados na Numerika G 1500 Plus, com rebolos convencionais.

Neste projeto, pela primeira vez foi integrado um módulo de mesa da Junker na Numerika serie G da Zema. Isto possibilita um comprimento de fixação de 1.200 mm, uma altura de ponta de 170 mm, um diâmetro de volteio de 280 mm e peso da peça de 150 kg. Além disso, cabeçotes de retificação duplos e um eixo B estão integrados na máquina Zema para a usinagem de virabrequins. Dessa forma, a flange e a espiga podem ser retificados nesta máquina em apenas uma fixação, e não como anteriormente, em duas operações diferentes e em máquinas separadas.
As vantagens são evidentes. Com a utilização da linha de máquinas se reduz não apenas os custos de descarte, como também a necessidade de espaço. Além do mais, o conceito inovador oferece o máximo de flexibilidade e tempo de ciclo. Assim, a flange e a espiga podem ser retificadas com um rebolo perfilado em um entalhe inclinado ou com rebolos pequenos universais e entalhe múltiplo. A solução é indicada para as exigências do cliente, pois ele precisa o melhor de dois mundos: máxima flexibilidade para séries pequenas e curto tempo de ciclo para a simulação de uma produção (prévia) em série.

Etiquetas
Mostrar mais

Artigos relacionados