Metal Mecânica

Aguia recebe recursos Finep para desenvolver tecnologias sustentáveis de processamento de cobre

A Aguia, empresa brasileira com capital australiano especializada em pesquisa e desenvolvimento de projetos de bens minerais, receberá R$ 2 milhões da Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), empresa pública do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI), para o desenvolvimento de tecnologias de processamento de cobre.

O recurso, captado por meio de uma seleção pública, será utilizado no aperfeiçoamento de processos de biolixiviação e triagem de minério. “Nós temos um projeto inovador, com credenciais ambientais inéditas no estado e temos uma grande preocupação em implementar tecnologias mais eficientes e desenvolver processos ambientalmente amigáveis. Queremos impactar positivamente o Rio Grande do Sul, com geração de emprego e renda, e disponibilizar ao mercado um produto diferenciado, o cobre verde”, destaca o CEO da Aguia, Fernando Tallarico.

A seleção pública do Programa Mineração e Desenvolvimento, que tem como objetivo apoiar e promover o desenvolvimento de projetos de pesquisa, desenvolvimento e inovação voltados para a cadeia de mineração, contou com a participação de mais de 70 empresas. Além do aporte feito pela Finep, a Aguia também investirá mais de R$ 700 mil para o desenvolvimento do projeto Cobre Verde.

COBRE VERDE – Localizado no Cinturão do Cobre, em Caçapava do Sul (RS), o Projeto Andrade tem como foco a produção de cobre metálico (catodo), que será utilizado para transformação na matriz energética para fontes limpas de energia. A expectativa é de que as atividades na mina, que tem uma reserva de mais de 18 milhões de toneladas de cobre, sejam iniciadas no último semestre de 2024.

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo