Eletrônica e Informática

E-commerce deve movimentar R$186 bilhões até o fim de 2023

O número de lojas virtuais saltou de 529.193 em 2021 para 565.300 em 2022, o que representa um crescimento 6,82%. As vendas totais registradas no e-commerce brasileiro atingiram a marca de R$169,6 bilhões em 2022, com crescimento de 5% em relação ao ano anterior. Foram cerca de 368,7 milhões de pedidos e um ticket médio de R$460 por cliente no ano passado, segundo pesquisa da Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm).

 

Para 2023, a projeção de crescimento é maior. A expectativa gira em torno de 9,5%, podendo atingir os R$186 bilhões ao fim do ano. No período, o ticket médio deve se manter ainda em equilíbrio, chegando a R$470. Já os pedidos podem alcançar os 395 milhões.

 

“O período da pandemia foi propício para um crescimento expressivo, o número de lojas online teve um salto muito grande e o comércio eletrônico continua em constante evolução. Hoje em dia o consumidor tem a variedade para comprar tanto no varejo físico quanto no e-commerce, o que torna o ambiente encorajador para os varejistas desenvolverem novas tecnologias, melhorar o atendimento ao consumidor e sua experiência”, diz Maurício Salvador, presidente da ABComm.

 

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo