Eletrônica e Informática

Elgin aplicará inteligência artificial ma linha de produção em Manaus

A partir de outubro, a produção de condicionadores de ar da Elgin Industrial da Amazônia terá etapas de produção realizadas com o uso avançado de inteligência artificial.

Empresa brasileira, com mais de 70 anos no mercado, a Elgin possui duas plantas fabris e um Centro de Distribuição de produtos em Manaus (AM) onde fabrica um portfólio de produtos para as áreas de climatização, refrigeração e automação e distribui produtos de costura, iluminação LED, entre outras. Ao todo, são mais de mil funcionários trabalhando em três turnos.

Segundo o diretor de Operações da Elgin, Caio Guazzelli, a empresa está investindo em modernização e conceitos da Indústria 4.0 para seguir competindo com os concorrentes multinacionais. “Em outubro, etapas como a dobra de tubos será controlada por inteligência artificial, acesso remoto de câmera. A intenção é, além do aumento de produtividade, garantir mais ergonomia e segurança ao processo”, explica.

O superintende da Suframa, Bosco Saraiva, explica que o projeto de automação da Elgin é um exemplo das possibilidades advindas dos investimentos em Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação (PD&I) na Amazônia. “A Elgin é uma das empresas que, em contrapartida aos incentivos fiscais, aplica 5% do seu faturamento em PD&I e está colhendo resultados. Enfatizamos sempre essa questão do PD&I por entendermos seu potencial de impacto para a região”, frisa.

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo